Ale Araujo Sketches

Alguns desenhos, rabiscos, estudos, idéias emergentes da minha cabeça e de outros planetas também.

Mês: dezembro, 2012

Solve et Coagula

baphometh

Glykon

glycon

“Glykon- Demônio gnóstico-mitraico com cabeça humana e corpo de serpente. A serpente Glykon era vista comumente como uma reencarnação de Asclépio, deus grego da cura. Seu templo mais antigo, dentre os conhecidos, situava-se em Trikka, na Tessália. A partir so século V a.C. seu culto difundiu-se por toda Hélade, e Asclépio passou a tomar o lugar de seu pai Apolo como curador divino. Nas cerimônias de consagração de seus novos santuários votivos, uma serpente participava como encarnação do deus. É geralmente representado como um homem barbado com um bordão em torno do qual se enrola a serpente sagrada. Seu culto centrava-se em Epidauro, A deusa Higeia era considerada sua filha. Os médicos, na Antiguidade, autodenominavam-se asklepiades. Segundo o mito, Asclépio aprendeu a arte da cura com o sábio centauro Quíron. Era particularmente estimado pelos romanos(Esculápio); no Egito helenístico romano, seu nome foi adotado para o deus Imhotep.” (Dicionário dos Deuses e Demônios, de Manfred Lurker).

 

glykon_2